Medo do escuro? Veja 5 passos que vão te ajudar acabar com isso

O medo do escuro para as crianças vem de um fato um pouco óbvio, que é, simplesmente, porque não se sabe o que tem lá. Ele ocorre por volta dos 3 anos e some aos 6. Isso acontece pois a imaginação de uma criança é capaz de criar coisas loucas, mesmo quando ela sabe que não são verdade.

O escuro faz a criança pensar em mistério, segredos, algo que ela não pode ter acesso. É assim que surge o medo. Existe algo no escuro que talvez ela não esteja preparada para lidar. É claro que esse medo do bicho papão, ou do monstro do armário, irá assombrar uma criança, pois é algo incompreensível. Mas e depois de grande? Por que adultos têm medo do escuro?

O medo

O medo é um instinto do ser humano. Não é como se pudéssemos evitar esse pavor que temos de certas coisas. É uma reação natural que o corpo humano tem para a nossa proteção. É como um preparo físico para fugir de situações perigosas.

Veja também:

O medo do escuro

Alguns medos são criados através de uma influência da família, amigos e até da sociedade, como o medo de ratos, insetos, altura, e até aquele pavor de andar na rua sozinho a noite. Porém, tem medos que são totalmente instintivos, pois o ser humano tem uma espécie de sensor para o perigo, e é assim que se surge o medo do escuro.

Como já dito, o medo funciona como um alerta para nos proteger de situações perigosas, e por isso, temer o escuro é uma forma de nos prepararmos para coisas que não estão nos nossos planos. Ele pode se manifestar com uma reação aguda de pânico, mas também pode parecer apenas como uma insônia. Especialistas sugerem que esse medo é o excesso de um pressentimento de que algo ruim irá acontecer, por isso a ansiedade prevalece, fazendo o medo do escuro se tornar cada vez mais intenso.

Como não ter esse medo?

Não é difícil se livrar desse medo, porém será necessário mudar um pouco a sua perspectiva sobre o escuro. Uma das razões pela qual você se apavora no escuro, é por assimilar a escuridão com o malvado, o obscuro, e outras características ruins. Veja algumas dicas de como se livrar do medo do escuro:

Primeiro passo – Antes de qualquer coisa, comece a enxergar a escuridão de outra forma. Uma dica que ajudará muito nessa situação é pegar um pedaço de papel e escrever tudo o que você sente quando está no escuro.

E, por mais bobo que pareça, quando terminar, rasgue o papel como se fossem os seus sentimentos pelo escuro se desfazendo, assim perceberá que é possível enfrentar o medo.

Entenda que o medo não é vencido do dia para a noite, é necessário um pouco de paciência e alguns exercícios antes de conseguir ser trancada em um quarto escuro e não entrar em pânico neste mesmo momento.

Segundo passo – Apesar do medo do escuro te perseguir por vários lugares, existe um momento que te apavora todos os dias. A hora de dormir. Essa hora do dia apavora um pouco, pois o normal é ficar com tudo escuro, porém apesar de adulto, você ainda precisa de algo ligado para não surtar.

Se acalme, pois o segundo passo vai te ajudar a ver a sua cama como um lugar seguro e entender que lá não é um local vulnerável, como você normalmente pensa. Então, além de mudar sua perspectiva sobre o escuro, terá de mudar a sua visão perante a cama.

Como fazer isso? Simples, passe mais tempo lendo, assistindo tv, séries, relaxando. Não importa como, só comece a pensar nela como um lugar de conforto, paz e alegria. Durante a noite, sentirá que ela é um lugar seguro e passará a se sentir mais confortável durante o escuro.

Terceiro passo – “Medo de escuro é algo de criancinha”, podemos contar quantas vezes já ouvimos isso, não é? E por causa desse julgamento, às vezes sentimos vergonha de admitir esse medo, porém não se deve fazer isso. É preciso assumir a sua fobia ou apreensão; lembre-se que as pessoas são diferentes de você, então elas podem falar o que quiserem sobre o seu medo, mas elas não entendem o que aquilo é pra você, até vivenciarem.

Muitas vezes você tem medo do escuro, porém não tem medo de barata, o que muita gente tem. É preciso entender que nenhum medo é mais importante, ou menos importante que o seu, pois ele é um sentimento único que só quem se apavora entende o quão grave é.

Lembre-se também que, quanto mais sincero você for e se abrir em relação ao medo, mais fácil será de encará-lo, pois você sabe como e quando ele te afligir. Desse modo fica mais fácil de combater com a ajuda de amigos e familiares, o que nos leva ao quarto passo.

Quarto passo – Compartilhar os seus medos com seus amigos e familiares é um ótimo modo de encontrar uma forma para superar esse temor. Sem contar que pode descobrir que alguns deles também têm esse mesmo medo e assim conseguirá ouvir bons conselhos dessas pessoas.

Entenda que se são seus amigos de verdade, eles não irão julgá-la, por isso a vergonha de conversar sobre isso não é necessária. Relaxe e fale sobre esse problema que você tem, que com eles ao seu lado, lutar com o pânico do escuro ficará cada vez mais fácil.

Quinto passo – Caso o seu medo seja extremamente forte, o apoio dos amigos e da família é sim muito importante, porém eles não são especialistas para te ajudar a encontrar uma solução para essa fobia. Esteja aberta a encontrar alguém que irá te ajudar de verdade com esse medo, como médicos ou terapeutas. Eles irão ajudá-la a entender esse medo, de onde veio e até mesmo ensiná-la a combater de forma mais precisa.

Ter medo do escuro é normal, mas quando essa fobia nos paralisa e atrapalha a rotina, é preciso analisar suas causas e consequências. Não minimize uma situação que faz mal, pois ela pode crescer e se tornar algo ainda pior. Existe tratamento para o medo. Não hesite em viver melhor!

Compartilhe este texto com quem mais precisa. Use o Facebook ou o WhatsApp.

Procurando ajuda

Se você está sofrendo com depressão, ansiedade ou se sentindo isolada, saiba que não está sozinha. Existem pessoas que podem ajudá-la a sair dessa situação e a encontrar um sentido na vida. Estas questões são sérias e precisam ser tratadas por profissionais da saúde como psicólogos e psiquiatras.

O atende gratuitamente ligações de pessoas que precisam conversar, desabafar ou simplesmente ouvir uma voz amiga. Trata-se de um centro de apoio emocional e prevenção do suicídio. Eles atendem mais de um milhão de pessoas por ano, de maneira segura, gratuita e sigilosa. Todos os voluntários são treinados para sempre ter uma palavra amiga, ou apenas o tempo disponível para ouvir. Independente da cidade em que você mora, de todo o país, ligue para 141 e fale com alguém sobre suas emoções e seus sentimentos. Muitas vezes essa atitude já alivia o peso da situação.

Se preferir, você pode procurar ajuda do , que oferece auxílio a pessoas com transtornos mentais, depressão e dependência química. Os centros fazem parte da rede pública de saúde, ou seja, oferecem ajuda gratuitamente. Encontre o CAPS mais perto da sua casa e marque uma consulta. Depois da triagem, você será encaminhada para o tratamento adequado.

Especialistas online

Tara gi

Tara gi

Baralho cigano,terapia holística,dança essencial

0% Avaliações positivas

7 Consultas

Cigana sarita

Cigana sarita

Tarot,baralho cigano

100% Avaliações positivas

307 Consultas

Morgana  tarologa

Morgana tarologa

Tarot,simpatias,mediunidade

91% Avaliações positivas

214 Consultas

Lizzie tarologa

Lizzie tarologa

Mediunidade,cartomante,tarot

95% Avaliações positivas

445 Consultas

Ofertas para você

Comentários

  • Uma vez que esse “medo do escuro” é como outras “fobias”, subjetivo demais do que discorrer acerca dele aos entes queridos, é necessário efetivamente consultar um terapeuta. Esta é a opinião de um leigo!

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *