Às vezes, precisamos ser egoístas

São tempos complexos que vivemos. Ao mesmo tempo em que nossa sociedade anda muito egoísta, com cada um se preocupando apenas com as suas necessidades, cada dia que passa temos menos tempo para fazer o que realmente queremos.

 Vou sugerir um exercício: escreva em um pedaço de papel tudo o que você gosta de fazer. Desde dormir até ir ao cinema, jantar fora… o que conseguir pensar e nesse momento, sorrir, anote.

Agora reflita: quando foi a última vez que você fez cada uma dessas atividades? Por que? Com certeza faz menos dessas atividades do que gostaria e a resposta para a última pergunta seria: falta de tempo. Entre trabalho, casa, filhos, marido, estresse e, vamos ser honestas, a preguiça, sobra pouca ou nenhuma energia para fazer qualquer outra coisa.

Um dia você acorda, liga a tv e tem uma matéria sobre uma bailarina. E pensa: “Nossa, eu adoro ballet, mas faz anos que não vou a uma apresentação”. Como se sente? Eu me sinto péssima. Como se não estivesse vivendo a minha vida completamente, como se eu estivesse anulando um lado de quem eu sou para beneficiar outra pessoa. Nesse caso, seria o meu marido, que detesta dança.

É preciso ser egoísta

Meninas, é hora de sermos egoístas, pelo menos durante uma noite ou uma tarde por semana. Escolher um programa que queremos muito fazer, chamar alguém para nos acompanhar (ou não) e se jogar na vida! Já adianto que é nesse dia que seu filho vai precisar de ajuda na lição ou seu marido vai ficar resfriado. Seja forte, egoísta, feche a porta de casa e não olhe para trás. Todo mundo vai sobreviver sem você por algumas horas. E isso não é para ser levado como uma ofensa, ok?

Outra coisa que pode acontecer é ter um dia terrível no trabalho, chegar em casa exausta e querer ficar na frente da tv zapeando. Force-se a sair. Seja dura com você mesma e enfrente a preguiça.

Na primeira vez em que você tomar essa atitude, pode até se sentir mal e culpada, mas te garanto que, depois de 15 minutos, vai se olhar, perceber o ambiente a sua volta e dizer: “Como eu mereço isso”. E essa, minha amiga, é a maior satisfação que podemos ter depois do tanto que nos esforçamos para fazer o outro feliz. Esse é o egoísmo que vale a pena e faz bem!

Leia também:

Descubra os benefícios da cromoterapia

Especialistas online

Lara caliope

Lara caliope

Tarologa,terapeuta holistica,tarot

79% Avaliações positivas

83 Consultas

Lua nova séfira

Lua nova séfira

Amor,carreira,espiritual

100% Avaliações positivas

211 Consultas

Athena taróloga

Athena taróloga

Kipper,tarot,baralho cigano

100% Avaliações positivas

425 Consultas

Henrique libório

Henrique libório

Tarot,baralho cigano,mediunidade

95% Avaliações positivas

664 Consultas

Ofertas para você

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *