História de bruxas – A verdade sobre as feiticeiras

Quem nunca ouviu uma história de bruxas quando criança, não é mesmo? Essas lendas de bruxas são parte do imaginário popular. A tradição conta que elas eram mulheres mais velhas, narigudas, curvadas, com unhas enormes e uma risada que chegava a dar medo. Porém, apesar de realmente estarem ligadas a magia, o seu verdadeiro poder era o conhecimento da natureza. Por isso, todos os medos eram desnecessários, e serviam apenas para assustar crianças. Mas quer conhecê-las melhor? Então, confira!

Entendendo a história de bruxas

Acusadas de utilizarem os feitiços para conseguir atingir os seus desejos ou, até mesmo, usufruírem de poderes sobrenaturais, a história de bruxas fazem parte de um mistério que ainda sobrevive na trajetória histórica da sociedade. Durante os anos, foi registrado diversos casos em que as bruxas foram queimadas em fogueiras e perseguidas por se envolverem em rituais satânicos e estarem atreladas aos demônios.

As lendas de bruxas

Existem várias lendas de bruxas que foram contadas através da passagem do tempo. No início da história da humanidade, os demônios eram considerados seres sobrenaturais que vinham à terra com o propósito de ter relações sexuais com as mulheres, e dessas relações surgiam as tão conhecidas bruxas.

Por volta do século XIV, a igreja católica teve uma grande influência na sociedade e orientava seus fiéis a exorcizarem seus demônios, intensificando a manipulação para banir aquelas mulheres que eram consideradas bruxas.

Descobrindo quem eram as mulheres em história de bruxas

Na idade média, as bruxas eram todas aquelas mulheres que utilizavam a natureza para curar, sendo desta maneira, consideradas curandeiras. Elas tinham uma inteligência superior e seu poder poderia ser usado tanto para o bem, como para o mal.

Uma lenda muito antiga acreditava que a mulher que parisse sete filhas, teria a sétima filha nascida bruxa. E quando esta última criança se apresentasse ao mundo, deveria ser colocado na porta do seu quarto uma cruz de seis pontos, significando o sinal de São Salomão.

As bruxas eram feiticeiras e a única forma de combatê-las, conforme a lenda das bruxas, era o uso do sal e do aço, sendo que ambos enfraqueciam seus poderes.

A perseguição – História de bruxas

A trajetória dessas mulheres misteriosas é antiga, tendo sido marcante em várias épocas da história.

Em 1428, ocorre o primeiro julgamento coletivo das mulheres consideradas bruxas;
Em 1596, um livro publicado por um frade, serviu durante séculos, como um manual de eliminação das bruxas;
No ano de 1692, em Salem, nos EUA, 150 mulheres foram acusadas de bruxarias após algumas meninas alegarem terem sido enfeitiçadas. Dezenove mulheres foram enforcadas devido a esta acusação;

Nomes famosos na história de bruxas

Algumas mulheres consideradas bruxas, se destacaram na humanidade. Assim como estas, muitas outras mulheres tiveram suas vidas encerradas, por serem vistas como as filhas do demônio:

Alice Kyteler: foi a primeira mulher condenada por bruxaria na Irlanda;
La Voisin: viveu na França, em meados de 1600, praticava adivinhações e criava poções de veneno;
Isobel Gowdie: Executada por bruxaria em 1662, confessou participar de um grupo de bruxos.

A última bruxa da Europa – Lendas de bruxas

Ana Goldi, como era conhecida, viveu entre 1734 a 1782, sendo considerada a última feiticeira da história de bruxas que é contada na região européia. Proveniente de uma família humilde, Ana era empregada doméstica. Em sua vida teve dois filhos, tendo um deles falecido logo após o nascimento, promovendo uma acusação de infanticídio, sendo que ela foi condenada e punida.

Mais tarde, trabalhando na casa de um ministro, foi acusada de enfeitiçar o alimento da filha do patrão com agulhas. Torturada, Ana admitiu utilizar magia diabólica com a menina, dessa forma sendo executada, através do uso de veneno, como punição ao crime realizado.

Alguns casos são verdadeiros mistérios para a história, mas o que se sabe é que até a atualidade, as histórias das bruxas chamam a atenção e despertam o interesse. A tradicional festa de Halloween, que ocorre no mês de outubro, fortalece a lenda das bruxas, essas mulheres que durante séculos despertaram a atenção do mundo.

Consta a lenda que elas ainda estão presentes na terra, porém, muitas utilizam seus dons a fim de ajudarem os seres humanos a se tornarem pessoas melhores. A fama das bruxas serem maldosas foi uma construção de um povo, que queria dominar a terra e manipular os indivíduos.

Agora que você já conhece a história de bruxas, confira também:

Especialistas online

Tarologa samara

Tarologa samara

Baralho cigano,tarot,numerologia

95% Avaliações positivas

4038 Consultas

Sensitiva anaya

Sensitiva anaya

Mediunidade,tarot,tarot egipicio

100% Avaliações positivas

20 Consultas

Fê tavares

Fê tavares

Tarot mitológico,cartas xamânicas,tarot

100% Avaliações positivas

7 Consultas

Bruxa zendra

Bruxa zendra

Terapeuta holística,tarot,mediunidade

0% Avaliações positivas

38 Consultas

Comentários

  • Bom texto! Porém, gostaria de aconselhá-los que percebo uns erros de concordância aqui, outros de crase ali e que o artigo poderia estar mais completo, com mais informações sobre a ideologia, filosofia, religião e/ou teosofia das bruxas supracitadas no texto. Bom trabalho!

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *