Conheça a mitologia indígena brasileira

As lendas, mitos e folclores de um país é sempre uma maneira forte de identificar traços e raízes dessa sociedade e população. Assim, quando prestamos atenção nas histórias que o Brasil tem a oferecer, podemos entender um pouco mais sobre a cultura do nosso país. A mitologia indígena brasileira apresenta significados relevantes sobre a formação do país.

Quando falamos sobre mito, a grande maioria das pessoas pensa imediatamente em Grécia ou Roma. No entanto, todos os lugares tem suas histórias independentes com lições morais e sociais diferentes. Por isso, é importante observar quais são os traços da nossa própria mitologia, pois é desse modo que temos maior acesso a origem cultural e social do país.

A influência da mitologia indígena brasileira no povo

Quando pensamos na origem do Brasil, logo lembramos da história da descoberta de Pedro Álvares Cabral. Porém, antes da chegada dos portugueses, o país já era habitado por índios como o povo Tupi-Guarani. Logo, suas tribos também passaram suas próprias características, dúvidas e receios para o povo brasileiro.

Do mesmo modo como os gregos usavam dos mitos na tentativa de obter respostas, os índios fazia o mesmo. Por isso, é interessante perceber que ao estudar a mitologia indígena brasileira, somos capazes entender e explicar bastante sobre os comportamentos atuais. Mesmo depois de tanto tempo, a influência é direta.

Como funciona a mitologia indígena brasileira?

Os índios brasileiros tinham uma cabeça e um modo de agir e pensar completamente diferentes dos gregos, ou de quaisquer outros povos. Contudo, não impedia de apresentar comportamentos semelhantes nas suas dúvidas. Por conta disso, ambos usavam das mesmas técnicas. Um dos principais métodos era buscar as respostas de escolhas e atitudes através dos seus próprios mitos.

No Brasil, as mitologias mais passadas por gerações, são as do povo Tupi-Guarani. Entretanto, o país é muito grande e possuíam diversos povos em locais completamente diferente e que possuíam uma visão diferente com mitos diferentes.

O principal deus da mitologia indígena brasileira

Como os demais povos, os índios brasileiros também usavam muito da figura dos deuses nas narrativas mitológicas. Para os índios Tupi-Guarani havia um deus supremo que eles chamavam de Tupã.

Esse deus era extremamente poderoso. Chamado também de “espírito do trovão”, tinha seu nome originado da chuva. Isso porque os índios possuíam certeza que eles eram capazes de ouvir as vozes de Tupã durante as tempestades.

Além disso, o deus Tupã também era associado como o grande criador do universo. Esse é um traço comum nas mitologias mundiais: associar aquilo que não se sabe explicar a uma figura maior. As próprias religiões utilizam desse artifício.

Outros deuses da mitologia indígena brasileira

Apesar da sua importância e de ser o principal deus brasileiro, Tupã não era o único grande personagem da mitologia indígena brasileira. Mais uma vez se assemelhando aos gregos, os índios usavam dos deuses também para obter representações simbólicas.Como é o caso do deus Guaraci.

Esse deus era a representação do sol e teria auxiliado Tupã na criação do universo e dos seres vivos. A noite também tinha a simbologia presente na deusa Jaci. Enquanto Guaraci era responsável pela proteção dos seres ao longo do dia, Jaci estava ligada ao amor e reprodução.

Esses três logicamente não eram os únicos deuses da mitologia indígena brasileira. Outros com menor importância também existiam e seguiam simbolizando algo. Como o caso dos deuses Sumá (deusa da agricultura), Polo (deus dos ventos) e Rudá (deus do amor).

Os grandes mitos brasileiros

A mitologia indígena brasileira realizava a interação dos seus personagens em forma de narrativa, assim como faziam outros povos. Dessas interações surgem explicações importantes e alguns mitos.

O mais famoso é o mito da criação que tem a narrativa explicado como Tupã teria feito a criação de tudo que havia. Em um segundo momento, surgiu também o mito dos Primeiros Humanos onde era explicado sobre os primeiros homens e a sua reprodução para dar continuidade à vida.

Esses são apenas dois exemplos. A mitologia indígena brasileira é cheia de traços simbólicos e únicos. Vale a pena estudar e entender mais sobre como funcionava o pensamento dos primeiros povos do país.

Aproveitando que agora você já conhece a mitologia indígena brasileira, entenda mais sobre mitos, mitologia grega e outras lendas que existem por aí:

 

Especialistas online

Lua nova séfira

Lua nova séfira

Amor,carreira,espiritual

100% Avaliações positivas

212 Consultas

Henrique libório

Henrique libório

Tarot,baralho cigano,mediunidade

95% Avaliações positivas

664 Consultas

Mestre arun

Mestre arun

Tarot,baralho cigano,amor

100% Avaliações positivas

546 Consultas

Ravenna sacerdotisa e taróloga

Ravenna sacerdotisa e taróloga

Amor,tarot,numerologia

96% Avaliações positivas

414 Consultas

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *