Ogum – Conheça o Orixá da coragem e das batalhas

Símbolo de luta e conquistas, Ogum é um dos Orixás mais cultuados no Brasil. Muito respeitado, representa o “comandante supremo”. Ao precisar de proteção em momentos de perigo, é a ele quem se deve chamar e pedir ajuda. Afinal, é o Orixá das batalhas, que luta à frente de todos com suas forças.

Foi Ogum quem passou à humanidade os conhecimentos sobre batalhas e trabalho com o metal. Dessa forma, levou evolução para toda a humanidade. Filho de Iemanjá, é o irmão mais velho de Exú e Oxóssi, sendo bastante próximo ao último.

Diante do seu histórico de guerra, tornou-se um guerreiro temido por todos. O Orixá carrega consigo a responsabilidade de ter sempre lutado contra todos que o desafiam. Dessa forma, é também o Orixá da coragem, protetor dos caminhos, das casas e também dos templos.

Conhecendo a história de Ogum

Se Ogum é um guerreiro, lenda de como se tornou Orixá não poderia ter cenário diferente. Certo dia, o requisitaram para uma batalha sem data de término. Diante disso, pediu ao seu filho, dono do trono de Irê, para reservar um dia do ano em sua homenagem, em que a população deveria jejuar e fazer silêncio enquanto ele estivesse em luta. Após o pedido, ele partiu e ficou durante sete anos ausente.

Quando voltou, estava com muita fome e sede. Ao bater em várias casas pedindo comida e bebida, foi ignorado. O silêncio reinava na cidade. Diante da situação, ficou enfurecido pela falta de consideração e perdeu o controle, dizimando toda a aldeia com sua espada. Ele parou apenas quando seu filho apareceu com Exú controlando a fúria. Como eles não entendiam o motivo das ações de Ogum, o Orixá explicou e disse que esperava ser recebido com festa e presentes, porém, foi ignorado.

Foi então que seu filho o lembrou do pedido de um dia de homenagem e silêncio que havia feito. E, por coincidência, aquele era o dia. Diante de tanta vergonha e arrependimento, o Orixá abriu o chão com sua espada e se enterrou em pé ali mesmo.

Entendo os filhos de Ogum

Os filhos desse Orixá são pessoas extremamente determinadas. Se um filho de Ogum quer conquistar algo, ele não medirá esforços para conseguir alcançar algo desejado. Batalhadores, têm um espírito incansável. Apesar de ser uma virtude, esse dom pela liderança pode ser algo desagradável em alguns momentos. Tornando-se pessoas que deixam a tomar conta.

A satisfação momentânea é uma característica forte. Por isso, sempre que conquistam uma quantia de dinheiro, logo gastam para satisfazer uma vontade. Dificilmente serão pessoas que acumulam riquezas. No geral, são bastante alegres e comunicativos. Gostam de dividir histórias, risadas e bons momentos com a família e amigos.

Sendo assim, os filhos desse Orixá são pessoas que estão sempre em festas, comemorações e “farras”. Aproveitar a vida é com eles mesmos. Porém, são também pessoas muito briguentas, têm temperamento forte e são impacientes. É raro ver dialogando, conversando e procurando compreender. Mesmo que não estejam diretamente envolvidos em um conflito, eles darão um jeito de participar da briga.

Na vida amorosa, são pessoas difíceis. Sempre trocam de parceiros, já que não têm facilidade em se apegar a alguém. No geral, os filhos desse Orixá são pessoas batalhadoras e que correm atrás dos sonhos. Parecem ser ambiciosos, mas, na verdade, se contém com um simples da vida.

Sincretismo de Ogum com São Jorge

Na tradição católica, São Jorge é o correspondente a Ogum. A relação se dá pelo fato de ambos serem considerados guerreiros que tradicionalmente lutam com uma espada na mão contra as opressões do mundo. Inclusive, a data oficial de comemoração do Orixá é 23 de abril, o dia em que São Jorge foi degolado ao defender os cristãos em Roma.

Em alguns estados do país, principalmente da região nordeste, é comum que o Orixá seja sincretizado com Santo Antônio, o santo “casamenteiro”. Essa relação entre uma nova fase da vida, o casamento, é a ligação com o Orixá, uma vez que ele também é associado aos novos caminhos.

Informações importantes

As cores características de Ogum são tons de azul escuro e verde, apesar de o vermelho ser a cor representante em alguns momentos. O dia da semana dedicado ao Orixá é a terça-feira e a sua saudação é “Ogunhê”.

Agora que você já conhece melhor Ogum, veja também:

Especialistas online

Marusca taróloga

Marusca taróloga

Radiestesia,tarot,alquimia

94% Avaliações positivas

171 Consultas

Morgana  tarologa

Morgana tarologa

Tarot,simpatias,mediunidade

90% Avaliações positivas

146 Consultas

Henrique libório

Henrique libório

Tarot,baralho cigano,videncia,mediunidade

94% Avaliações positivas

544 Consultas

Kelly pino

Kelly pino

Baralho cigano,tarot,mesa radionica,videncia

100% Avaliações positivas

1153 Consultas

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *