Para que serve o incenso? Muito mais que perfumar!

Embora cada religião tenha seus próprios dogmas e rituais, há um item que consegue unir diferentes crenças e povos: o incenso. Adeptos das mais diferentes crenças gostam de utilizá-lo. Mas para que serve o incenso?

A maioria das pessoas acha que o incenso é utilizado para purificar ambientes ou apenas para aromatizá-los. Esse conceito, embora não seja falso, é muito simplista.

A defumação de espaços e pessoas por plantas aromáticas é um conhecimento milenar. As propriedades espirituais das ervas são conhecidas há muito tempo e vêm se difundindo com o passar dos anos, assim como acontece com qualquer ciência.

Para que serve o incenso no Egito

No Egito antigo, por exemplo, o incenso era utilizado em enterros para afastar os maus espíritos e para deixar o ambiente mais agradável em um momento de dor. Além disso, os egípcios utilizavam o incenso também para ajudar a dormir ou aliviar a ansiedade.

Adivinhação do futuro

Alguns povos da antiguidade, acreditavam também que o incenso tinha poderes sobrenaturais. Os videntes babilônicos utilizavam incenso de madeira de cedro para fazer perguntas aos mortos.

Se a fumaça do incenso flutuasse para a direita, então a resposta para as perguntas era sim. Se flutuasse para a esquerda, era não. Esse conhecimento, infelizmente, se perdeu com o passar dos anos.

Já gregos e romanos utilizavam incenso para pedir favores aos deuses. Eles acreditavam que o incenso era uma espécie de oferenda que acalmava a ira das divindades.

Para que serve o incenso na atualidade?

Hoje os incensos são utilizados tanto por religiosos como por pessoas sem nenhuma fé. O uso mais comum está relacionado a tentativas de mudanças no estado de espírito das pessoas.
Alguns povos indígenas acendem incensos dentro de casa para afastar maus espíritos e doenças. E quem pensa que isso é apenas uma crendice, está muito enganado. A ciência reconhece que a fumaça de ervas como tomilho e capim-limão possuem propriedades anti-sépticas.

O incenso também é utilizado por donas de casa para manter a harmonia do ambiente, paz entre irmãos ou mesmo como afrodisíaco. A explicação para cada um dos fenômenos também encontra fundamentos científicos.

Ao acender um incenso, as moléculas das plantas se desprendem no ar e são inspiradas pelo sistema respiratório humano. Uma vez em nosso corpo, suas propriedades químicas agem em nosso cérebro. O resultado pode ser tanto uma sensação de relaxamento como um estado de excitação, a depender da planta utilizada.

Para que serve o incenso nas religiões modernas

As religiões cristãs e africanas ainda utilizam o incenso em seus rituais. No catolicismo essa substância é utilizada como um símbolo de devoção, de orações subindo ao céu, ou da presença do espírito santo se espalhando por um ambiente.

No Candomblé e na Umbanda, o incenso tem valor espiritual. Várias nações consideram que o incenso purifica o corpo das pessoas presentes no terreiro.

Tipos de incensos indicados para necessidades diárias
Existe um tipo de incenso indicado para cada situação emocional ou espiritual. Confira uma lista de ervas aromáticas utilizadas em incenso e suas indicações:

  • Alecrim: combate a depressão;
  • Alfazema: calmante natural;
  • Algas: combate a ansiedade;
  • Baunilha: diminui a impulsividade;
  • Cereja: indicado para apimentar as relações;
  • Maçã: aumenta a disposição.

Agora que você já sabe para que serve o incenso, que tal utilizá-lo para melhorar seu dia-a-dia? Conte para a gente, nos comentários, quais são seus aromas favoritos.

Você também vai gostar de:

Especialistas online

Mago lucas

Mago lucas

Magia,tarot,mediunidade

100% Avaliações positivas

74 Consultas

Sacerdote juarez

Sacerdote juarez

Astrologia,tarot,mediunidade

100% Avaliações positivas

84 Consultas

Cigana lilia saigg

Cigana lilia saigg

Baralho cigano,mediunidade

100% Avaliações positivas

185 Consultas

Dandara orianthi

Dandara orianthi

Tarot advinatório,mediunidade,tarot

100% Avaliações positivas

415 Consultas

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *