Eclipse lunar 2018 – aprenda mais sobre esse evento astrológico

No decorrer de um ano existem diversos episódios astrológicos que nos faz ficar mais atentos no que está acontecendo ao redor do nosso planeta. Dentre todos esses eventos, há um acontecimento astronômico que além de ser muito bonito de assistir, também pode ajudar e interferir em alguns rituais. Aprenda mais sobre o eclipse lunar 2018 e como esse fenômeno incrível pode atuar em nossa vida.

O que é o eclipse lunar 2018

Em geral as pessoas sabem que o eclipse é um momento no qual um astro esconde, ou faz sombra, em outro astro. Porém, quando pensam nessa condição, já imaginam a Lua entrando em frente ao Sol e fazendo sombra na luz que essa estrela oferece. Agora como seria o eclipse lunar?

Esse fenômeno astronômico ocorre toda vez em que a Terra se encontra entre o Sol e a Lua, que se encontra na fase Cheia. Assim que o planeta entra na linha dos nodos com sua órbita junto a do astro, é alterada a iluminação do luar. Isso porque o astro entra em uma zona chamada “penumbra” da Terra. Deixando a Lua invisível durante alguns minutos do nosso ponto de vista, se tornando então um eclipse lunar 2018.

Porque ocorre o eclipse lunar 2018

O eclipse em geral acontece por conta da rotação e translação que a Terra faz em torno do Sol e do seu próprio eixo. A Lua, por ser um satélite natural do planeta também faz esses movimentos, porém ao invés de rodar em volta da estrela, gira em torno do nosso corpo celeste.

Os tipos de eclipse lunar 2018

A explicação simples de como acontece um eclipse lunar já foi dada acima. Porém, existem diferentes tipos de eclipse lunar. Veja a seguir:

Eclipse lunar total – O eclipse lunar 2018 total ocorrerá quando a Lua entra por completo na região de sombra da Terra. Só que nesse caso o astro não chega a sumir, pois parte da luz solar ainda o ilumina de forma indireta. Mas ao passar pela atmosfera do planeta, a iluminação do Sol faz com que raios vermelhos cheguem a Lua, deixando o astro da cor laranja e marrom.

Eclipse lunar penumbral – Esse tipo de eclipse acontece em 35% das vezes em que ocorre o eclipse lunar. Mas nessa situação, o brilho da Lua permanece quase igual, e por isso é muito difícil enxergar um eclipse penumbral. A ajuda de telescópios é muito bem vinda, mas por não a ver uma mudança radical de iluminação pode ocorrer nenhuma mudança perceptiva.

Eclipse lunar parcial – Quando acontece o eclipse lunar parcial é porque apenas uma parte da Lua está passando pela região de sombra da Terra. Assim, o restante deste satélite natural aparece, mas uma parte acaba perdendo a sua iluminação. Esse tipo de eclipse é mais raro que os outros, pois tem menos chances de acontecer do que qualquer um dos anteriores.

Datas do eclipse lunar 2018

Neste ano que se aproxima haverá apenas 2 eclipses lunares. Um no dia 31 de janeiro e outro em 27 de julho, ambos serão totais. Aproveite esse fenômeno e os assista se tiver oportunidade.

Leia também:

Especialistas online

Marusca taróloga

Marusca taróloga

Radiestesia,tarot,alquimia

100% Avaliações positivas

91 Consultas

Amyn ty ayrá

Amyn ty ayrá

Sacerdote babalorixá candomblé,búzios africanos,tarot

100% Avaliações positivas

198 Consultas

Athena taróloga

Athena taróloga

Kipper,tarot,baralho cigano

100% Avaliações positivas

169 Consultas

Cigana sarita

Cigana sarita

Tarot,baralho cigano

100% Avaliações positivas

157 Consultas

Ofertas para você

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *