Padroeiro dos padeiros – História e o dia de São Bartolomeu

Em 24 de agosto é comemorado o dia de São Bartolomeu, um dos apóstolos de Jesus Cristo. Apesar de não ser muito conhecido por ser um dos menos falado nas narrativas bíblicas e religiosas. Mas, o que você acha de conhecer um pouco de quem foi esse Santo e os fatos que ocorreram em sua vida? Vem com a gente para aprender um pouco mais sobre quem foi São Bartolomeu.

Origens do dia de São Bartolomeu

O dia de São Bartolomeu é 24 de agosto. Foi nessa data que um governador da região de Albanópolis, onde hoje é a cidade de Derbent, o governador local fez com que o apóstolo passasse pelo martírio de ter toda a pele esfolada.

Sua marca principal é a pregação fervorosa, sem temer as represálias que possam ser decorrentes por transmitir a palavra de Deus e converter novos fiéis para o cristianismo.

Ele é considerado o padroeiro dos padeiros, alfaiates e sapateiros. E na , acredita-se que no dia de São Bartolomeu o diabo anda pela Terra aprontando contra os fiéis, como uma forma de atormentá-los.

Quem foi São Bartolomeu?

A única passagem bíblica na qual se fala diretamente de São Bartolomeu está no . As outras narrativas limitam-se apenas a citar seu nome como um dos componentes dos doze apóstolos que seguiam Jesus.

Mas, fazendo uma comparação entre os Evangelhos Canônicos, fica bem claro que o apóstolo Bartolomeu é o mesmo apóstolo Natanael. Ele seguiu Jesus Cristo em seus três anos de pregação pública.

Ele esteve presente em todos os ensinamentos, ações e milagres, bem como a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. Também estava no dia do Pentecostes, quando o Espírito Santo baixou sobre todos os apóstolos, que dali em diante passaram a pregar o Evangelho ao redor do mundo.

A história de São Bartolomeu

Segundo algumas tradições e documentos históricos, São Bartolomeu pregou a palavra de Deus na Índia e na região onde hoje é a Europa Oriental. Por lá, realizou pregações e conversões ao difundir a palavra de Deus.

Depois de realizar sua missão ao redor do mundo, São Bartolomeu passou pelo martírio ao ser vítima de um esfolamento de toda sua pele. Na cidade de Albanópolis, hoje Derbent, em uma região russa próxima ao mar Cáucaso, ele teria sido morto por ordem do governador local, que não aceitava o cristianismo em sua terra.

Na Capela Sistina, ele aparece segurando a pele de seu corpo com a mão esquerda e uma adaga na mão direita. O dia de São Bartolomeu acaba tendo grande relevância nesses lugares.

Massacre da noite de São Bartolomeu

No dia 24 de agosto de 1572, quando se comemorava o dia de São Bartolomeu, teve início uma matança generalizada, que aconteceu na França, dando origem ao que se conhece como o massacre da noite de São Bartolomeu.

Foi a data inicial para diversas mortes em Paris e em outras cidades francesas. Os números são imprecisos, pois fala-se entre 2 mil a até 70 mil pessoas assassinadas. Tal fato foi uma reação contra o protestantismo, já que o reino francês era católico e rejeitava a então nova religião.

O massacre da noite de São Bartolomeu aconteceu dois anos depois de um tratado de paz proposto pelo reino francês oferecendo tréguas aos protestantes. Quando um católico tentou assassinar um almirante protestante, eles ficaram revoltados.

Durante as primeiras horas da madrugada de 24 de agosto daquele ano, a família real francesa planejou uma série de ataques a líderes huguenotes, representando os protestantes.

Dalí até o mês de Outubro, a onda de assassinatos atingiu doze cidades francesas, entre elas Toulouse, Bordeaux, Lyon e outras. A quantidade de cadáveres arremessados nos rios poderia contaminar tudo, o que fez com que o consumo de peixes naquela época diminuísse drasticamente.

Esse é tido como o pior ataque religioso da história da França que, infelizmente, teve início no dia em que era para ser celebrada a vida de um dos santos menos comentados na liturgia católica. Ali, a impressão entre os protestantes era de que a religião Católica não passava de uma religião sanguinária, gerando uma carnificina injustificável.

Mesmo assim, houve quem justificasse tais ataques pelo medo de um golpe de estado pelos huguenotes que representavam os protestantes naquela época. Tanto é que o Papa Gregório XIII chegou a receber a cabeça cortada de Coligny, um dos assassinados naquele massacre.

Esse mesmo Papa chegou a pedir para que fosse cunhada uma medalha com um anjo empunhando uma cruz e uma espada para celebrar a vitória da Igreja Católica sobre os protestantes. Infelizmente, deu-se início a um grande massacre justamente a partir do dia de celebração do dia de São Bartolomeu.

Agora que você já sabe tudo sobre o dia de São Bartolomeu, confira também:

Especialistas online

Marusca taróloga

Marusca taróloga

Radiestesia,tarot,alquimia

98% Avaliações positivas

556 Consultas

Selene maglyat

Selene maglyat

Tarot,baralho cigano,runas

96% Avaliações positivas

478 Consultas

Athena taróloga

Athena taróloga

Kipper,tarot,baralho cigano

100% Avaliações positivas

531 Consultas

Cigana sarita

Cigana sarita

Tarot,baralho cigano

100% Avaliações positivas

375 Consultas

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *