Calendário lunar 2018 – confira todos os eventos astrológicos previstos

A Lua é um astro que tem uma grande influência sobre as nossas vidas. A gravidade, o volume das marés e até mesmo o nosso peso tem uma atuação deste satélite natural. Outros astros também possuem essa importância, mas muitas vezes não damos valor a isso. Porém, é necessário ficar atento ao calendário lunar 2018 e saber o que os eventos astrológicos nos trará nesse novo ano.

Confira nosso calendário lunar 2018 online através de suas fases

Cada uma das fases da Lua tem uma influência diferente no nosso dia a dia. A Lua Crescente, por exemplo é mais propícia a dar início para a realização dos nossos planos. Já a Lua Cheia, nos deixa mais impulsivos e por isso um pouco mais emocional do que racional.

Por conta disso, separamos as datas e o horário que ocorrerá cada Lua nesse ano de 2018. Confira aqui:

calendário lunar 2018

Principais acontecimentos do calendário lunar 2018: janeiro até junho

03/04 de janeiro – Chuva de meteoros Quadrantids: Essa é uma chuva diferente, pois pode ocorrer com até 40 meteoros por hora em seu momento de maior intensidade. A data dessa chuva é a partir do dia primeiro até o quinto. Porém, ganha sua maior força nos dias 3 e 4.

31 de janeiro – Eclipse lunar total: O eclipse lunar total ocorre quando a Lua se localiza totalmente na sombra da Terra que é feita pelo Sol. Assim, dá impressão de que o astro some por alguns instantes, já que sua iluminação é afetada. Os melhores lugares para ver esse evento será no norte da América e da Ásia, Austrália e no Oceano Pacífico.

15 de fevereiro – Eclipse solar parcial: Este eclipse acontece quando apenas uma parte do sol é encoberta pela Lua. Só que a iluminação do dia quase não sofre nenhuma alteração. Esse evento será melhor visto principalmente da América do Sul pelos países Chile e Argentina.

20 de março – Equinócio: O equinócio é a troca de estação, é neste dia que ocorre o equilíbrio entre o dia e noite. No hemisfério norte ocorre o equinócio de primavera e marca os dias que terão mais luz. Já no hemisfério sul, temos o equinócio de outono, significa que a noite terá mais espaço nos dias a seguir.

21 de abril – Chuva de meteoro Lyrids: Segundo calendário lunar 2018, essa chuva de meteoros é um evento que produz uma trilha de poeira brilhante que dura vários segundos. No ápice da chuva, ele é capaz de ter cerca de 20 meteoros por hora. A data em que ele aparece mais forte é 21 de abril, porém pode ser vista a partir do dia 16 até 25 do mesmo mês.

05 de maio – Chuva de meteoro Aquarids Eta: A Aquarids Eta é um banho de luz que ocorre com 10 meteoros por hora no seu momento mais intenso. O melhor lugar para a visualização desse evento é para o leste, e a sua data oficial é no dia 5 e 6 de maio, pois o seu pico ocorre a partida da meia-noite entre os dois.

09 de maio – Júpiter em oposição: O planeta Júpiter terá a sua maior aproximação da Terra nesse dia. Por isso, terá toda a sua face iluminada pelo Sol e será bastante visível do nosso planeta. Aproveite esse momento para fotografar um dos melhores acontecimentos do ano.

21 de junho – Solstício: Esse evento ocorre quando um dos hemisférios (Norte ou Sul) está mais perto do Sol. Assim, o que estiver mais perto da estrela maior terá o dia mais longo que a noite, e o outro hemisfério que estará distante terá a noite mais longa que o dia. Em junho, o hemisfério Norte se encontra mais próximo do Sol, e por isso tem o início do solstício de verão nesse local. Já no hemisfério sul, esse dia representa o início do solstício de inverno.

27 de junho – Saturno em oposição: Essa é a fase do ano em que Saturno estará mais próximo da Terra. Assim, temos a maior chance de visualizar esse planeta. Use esse dia para capturar esse momento.

Calendário lunar 2018 online: julho até dezembro

13 de julho – Eclipse solar parcial: Quando uma parte do Sol for encoberto pela Lua ocorre esse eclipse. A iluminação do dia quase não sofre nenhuma alteração, mas se você estiver em determinados pontos do mundo consegue ver melhor. Neste dia, o melhor local para a visualização é o extremo sul da Austrália e Antártida.

27 de julho – Eclipse total lunar: No momento em que a Lua se localizar completamente na parte sombria da Terra, causada pela ausência de luz do Sol, é quando surge o eclipse. A impressão que se tem é de que por alguns instantes o astro some. Os melhores lugares para presenciar esse evento será na Europa, África ocidental, central da Ásia e Austrália ocidental.

28 de julho – Southern Delta chuva de meteoro Aquarids Eta: Essa chuva de meteoro acontece em média com 20 meteoros por hora no seu pico. Esse banho de luz recebe esse nome, porque a chuva de meteoros ocorre na constelação de aquário. Para ver melhor esse acontecimento, o local ideal é no leste após meia-noite.

11 de agosto – Eclipse solar parcial: Como já explicado no calendário lunar 2018, o eclipse solar parcial é quando um pedaço do Sol é coberto pela Lua, sem ter uma alteração muito grande em sua iluminação. Nessa data, o melhor local para visualizar esse evento será no Canadá, Groenlândia e o extremo norte da Europa.

12 de agosto – Chuva de meteoro Perseidas: De todas as chuvas de meteoro que ocorrem durante o ano, a Perseidas é uma das melhores para se observar. Isso devido ao fato de que no seu momento mais intenso ela chega a ter 60 meteoros por hora. O melhor lugar para visualização é na região nordeste, em um lugar sem muitas luzes da cidade e após a meia-noite.

07 de setembro – Netuno em oposição: O planeta conhecido por sua cor azul terá uma maior aproximação do planeta Terra. Todavia, apesar do seu tamanho e proximidade, Netuno ainda é muito distante dificultando a visualização a olho nu. Mas com equipamentos como o telescópio, poderá ajudar a visualizar.

23 de setembro – Equinócio: Como já citado acima, o equinócio é o equilíbrio entre o dia e noite. Porém, em outubro o hemisfério Norte terá o equinócio de inverno, marcando para eles o começo das noites mais longas que o dia. Já no hemisfério Sul, temos o equinócio de primavera, ou seja, o Sol terá maior duração durante esses dias.

23 de outubro – Urano em oposição: O planeta Urano estará mais próximo da Terra dando a oportunidade de visualização. No entanto, ele ainda está muito distante do nosso planeta, por tanto a olho nu só poderá enxergar um ponto bem pequeno azul-verde.

17 de novembro – Chuva de meteoro Leônidas: O banho de luz que ocorre no momento mais intenso dessa chuva pode produzir 40 meteoros por hora. Existem relatos de que a partir do dia 13 já é possível ver alguns meteoros, entretanto o seu auge é do dia 17 ao 18, a partir da meia-noite, olhando para a constelação de leão.

13 de dezembro – Chuva de meteoro Geminids: Essa chuva é a melhor para assistir a céu aberto. Sua intensidade é capaz de produzir até 60 meteoros multicoloridos por hora. A partir do dia 6 já é possível encontrar alguns vestígios desse fenômeno, contudo seu auge é do dia 13 para 14, a meia-noite assistindo do leste do mundo.

21 de dezembro – Solstício: O segundo solstício do ano ocorre pelos mesmos motivos do primeiro. No entanto, por conta da rotação do planeta, as posições dos hemisférios trocam. Agora em dezembro, o hemisfério Norte se encontra longe do Sol, e por esse motivo temos o início do solstício de inverno. Já o hemisfério Sul se aproxima da estrela maior e tem esse dia como o início do solstício de verão.

Agora que você já consultou os eventos astrológicos através do calendário lunar 2018 veja também:

Especialistas online

Alexandrita oraculista

Alexandrita oraculista

Magias com cristais,tarot,mediunidade

98% Avaliações positivas

739 Consultas

Lara caliope

Lara caliope

Terapeuta holistica,mediunidade,tarot

79% Avaliações positivas

104 Consultas

Cigana madalena

Cigana madalena

Baralho cigano,tarot,mediunidade

95% Avaliações positivas

400 Consultas

Morgana  tarologa

Morgana tarologa

Tarot,simpatias,mediunidade

89% Avaliações positivas

313 Consultas

Ofertas para você

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *