Poderosa oração de Santo Agostinho para ter revelações

Um dos santos mais conhecidos da Igreja Católica e não só pelos religiosos. Famoso teólogo e missionário, ele costuma ser uma das principais referências ao se falar em conversão e em uma vida dedicada à missão religiosa. Já sabe de qual Santo estou falando? Então, conheça agora a oração de Santo Agostinho e saiba como recorrer a esse santo nos momentos de dificuldades e diante do risco da morte.

Saiba quem foi e como é a oração de Santo Agostinho

Aurélio Agostinho foi um bispo cristão. Viveu entre os anos de 354 e 430 na cidade de Hipona, uma província romana situada onde está a Argélia, na África. Filho de mãe cristã, , e pai pagão, é reconhecido tanto por suas pregações religiosas quanto pela sua produção teológica e filosófica que marcaram época.

Seus estudos se tornaram notáveis pela tentativa de conciliar a fé e a razão. Questão que, ainda hoje, atormenta a cabeça de tantos religiosos que veem suas crenças sendo colocadas em cheque nos momentos em que é necessário raciocinar sem ser influenciado por dogmas.

Para muitos, é considerado o maior teólogo da história do cristianismo. Dentre suas principais obras, pode-se destacar Confissões, Cidade de Deus, Sobre a Doutrina Cristã e Sobre a trindade. Por isso, a oração de Santo Agostinho é muito poderosa.

A frase que melhor sintetiza sua atuação como teólogo e teórico das doutrinas religiosas é: “É preciso compreender para crer e crer para compreender”.

Oração de Santo Agostinho para obter uma revelação

A oração de Santo Agostinho mais conhecidas em sua vida diz respeito à obtenção de revelações. De acordo com a tradição religiosa, ela é a melhor forma de pedir ajuda aos céus para iluminar os caminhos a serem seguidos nos momentos de dúvidas, falta de esperança ou até mesmo o desespero para saber se as decisões a serem tomadas estão corretas ou não.

Até porque, além de teórico e teólogo, a oração de Santo Agostinho se destacou por uma fé de forte sustentação e, por isso, gerou grande obras, como a prece abaixo, que vai lhe fazer obter revelações e iluminar o que lhe cerca:

“Ó Deus meu! Sê-me propício por indigno que seja de tuas mercês, e faze que sempre minha palavra chegue a ti para que conheças meu espírito. Deus de Abraão, Deus de Isaac, Deus de Jacó, tem piedade de mim e manda em meu auxílio teu São Miguel Arcanjo para que me defenda do mal e possa ver qual é a minha admiração por ti.

Bem aventurados São Gabriel, São Rafael e todos os Santos da corte celeste, socorrei-me e concedei-me a graça de que meus inimigos, que também tem de ser inimigos de Deus, não possam fazer-me sofrer suas maldades, pois, enquanto estou acordado, penso em Deus, e, quando durmo, sonho com suas grandezas e maravilhas.
Salvador do mundo, não me desampares, já que me livraste de outro mal maior, que é morrer no inferno e completa tua obra e concede-me tua graça.

Suplico-te humildemente, ó Deus meu! Que me ampares, Agios, Otheos, Ischiros, Athanatos, Eleison, Himas, Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de mim.
Cruz adorável de Jesus Cristo, salva-me! Cruz de Cristo, salva-me! Essência de Cristo, salva-me! Amém”

Oração de Santo Agostinho diante da morte

Existe momento mais desesperador e cheio das dúvidas do que o momento iminente da morte? Quem já se viu diante da dúvida de se aqueles não seriam seus últimos momentos em vida sabe como é aterrorizante não ter a certeza de que não são seus últimos suspiros sobre a Terra.

Pois, para fazer a oração de Santo Agostinho, a forma de abordarmos nossos últimos suspiros era vista de forma equivocada, o que gerou uma oração que pode também ser vista como um poema, tamanha beleza que envolve suas palavras na diferente abordagem quanto a quem já se foi ou quem está para ir ao além.

“A morte não é nada.
Eu somente passei para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.

O que eu era para vocês, eu continuarei sendo.
Me dêem o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como vocês sempre fizeram.
Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou vivendo no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.

A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vistas?
Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do Caminho…
Amém!”

Se você gostou da oração de Santo Agostinho, poderá gostar também de:

Especialistas online

Lara caliope

Lara caliope

Tarologa,terapeuta holistica,tarot

100% Avaliações positivas

73 Consultas

Marcus cigano

Marcus cigano

Tarot,amor,dinheiro

82% Avaliações positivas

297 Consultas

Lizzie tarologa

Lizzie tarologa

Mediunidade,cartomante,tarot

95% Avaliações positivas

443 Consultas

Kelly pino

Kelly pino

Baralho cigano,tarot,mesa radionica,videncia

100% Avaliações positivas

1420 Consultas

Ofertas para você

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *